O pró-reitor de pesquisa e inovação da Universidade Federal de Goiás (UFG), Jesiel Freitas Carvalho, diz que existe uma expectativa de que o bloqueio de 30% dos orçamentos das universidades federais poderia levar à recomposição de orçamento do Ministério da Educação (MEC) e, consequentemente, da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). “Há ...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários