O Ministério Público de Goiás e a Corregedoria da Polícia Civil de Goiás deflagraram, nesta quinta-feira (13), uma operação para apurar possíveis crimes cometidos por policiais civis, efetivos e comissionados, na subdelegacia de Nova Crixás. Os suspeitos são investigados por crimes de falsificação de documento público, peculato, concussão e corrupção passiva. Foram ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários