Dos 19 investigados na Operação Metástase, deflagrada esta semana pela Polícia Civil, 9 tiveram o pedido de prisão negados pela Justiça. Entre eles, 5 são diretores e ex-presidentes do Instituto de Assistência dos Servidores do Estado de Goiás (Ipasgo). As outras três são ligadas ao Instituto Goiano de Oncologia e Hematologia (Ingoh). A justificativa para a negativa da j...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários