A Polícia Civil está investigando se houve falha ou omissão por parte da prefeitura de Porangatu pela morte de duas pessoas, após a interrupção do gerador que disponibiliza oxigênio para o Hospital de Campanha para Enfrentamento do Coronavírus (HCamp) da cidade. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a queda de uma árvore no último domingo (11) teria provocado a falta de energia no bairro em que está localizada a unidade de saúde, sendo preciso, portanto, acionar o gerador. ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários