Encampado pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, o Banco Nacional de Perfis Genéticos foi decisivo na identificação de Carlos Eduardo Santos como principal suspeito do assassinato da menina Rachel Genofre, de 9 anos, crime ocorrido em 2008. Ela foi encontrada morta dentro de uma mala na rodoviária de Curitiba. Peritos do Paraná haviam coletado materi...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários