Delegado da Polícia Civil de Aragarças, Ricardo Galvão descartou totalmente a hipótese de homicídio no caso do bebê de 11 meses encontrado morto ao lado do pai, também morto, em Piranhas, na região Oeste de Goiás, município a mais de 300 quilômetros de Goiânia, no último domingo (9). Os corpos de ambos foram encontrados no domingo pela avó da criança que acionou a Políc...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários