A Polícia Civil de Goiás e do Distrito Federal concluíram quatro inquéritos que apuram parte dos crimes cometidos por Lázaro Barbosa de Souza enquanto fugia de um cerco policial que durou 20 dias em junho e culminou em sua morte durante uma abordagem por forças de segurança em Águas Lindas de Goiás, no dia 28 do mês passado. Em nenhum dos casos foi constatada a participação ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários