A Polícia Civil está investigando o caso da mulher que foi diagnosticada com a síndrome de Haff, conhecida como doença da "urina preta", depois de consumir comida japonesa em Goianésia. A apuração tem como objetivo averiguar se houve crime contra o consumidor. Kelly Silva de 27 anos segue internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado grave, em Goi...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários