Em Goiás, o poder público ainda estuda sanções a serem aplicadas naqueles servidores que se recusarem a tomar a vacina contra a Covid-19. No governo estadual, por exemplo, a Secretaria da Administração (Sead) e a Procuradoria-Geral do Estado (PGE) estudam medidas legais para advertirem os servidores que optarem por não se vacinarem.No final de agosto, o governador Rona...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários