Se o mundo parou, o mesmo não se pode dizer das emoções. Essas continuam soltas, oscilantes, deixando um rastro de ansiedade. Trancados em casa, sem as falsas urgências do cotidiano, somos obrigados a encarar um desconhecido íntimo: nós mesmos.

O que resulta desse mergulho interior? Difícil responder. Mas, como insinua a poesia de Arnaldo Antunes, intérprete da trilha desse programa, "com tantos sentimentos, deve ter algum que sirva."

Para nos ajudar a entender esse turbilhão emocional nascido do confinamento, o Coronavírus Sem Mistério pega de novo na mão da ciência. Conosco, nesse terceiro episódio, estão Valéria Machado Avilla, psiquiatra, psicanalista e escritora; e Rejane Soares Ferreira, neuropsicóloga e professora universitária.

O Coronavírus Sem Mistério, projeto temporário do jornal O Popular, busca aprofundar temas na cobertura da pandemia de coronavírus.