O titular da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária de Goiás (SSPAP), Ricardo Balestreri, anunciou ontem, com exclusividade ao POPULAR, seis medidas que a pasta vai adotar em até 15 dias após a crise que se formou na Polícia Militar após o assassinato de Roberto Campos da Silva, o Robertinho, de 16 anos, no dia 17 de abril, e a agressão contra o estuda...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários