Enquanto o Plano Diretor de Goiânia, iniciado em 2017, já está na Câmara Municipal, a versão metropolitana do documento, denominada Plano de Desenvolvimento Integrado da Região Metropolitana de Goiânia (PDI-RMG), que começou em 2016, está parada há um ano. Professores da Universidade Federal de Goiás (UFG), que fez a parceria com o governo estadual para a realização do...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários