O plano para a vacinação contra o coronavírus do governo de Goiás prevê diferentes logísticas para a distribuição das doses, a depender do tipo e quantidade do imunizante que vai chegar ao Estado, ainda sem definição pelo governo federal. Um mapeamento de risco, que faz parte do plano, aponta a disseminação de informações falsas como um perigo que pode causar pouca va...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários