O piloto do bimotor que descarregou quase meia tonelada de pasta base de cocaína no interior de Goiás na noite de quarta-feira, dia 15, jogou o próprio celular pela janela do avião quando percebeu que havia sido interceptado por super tucano da Força Aérea Brasileira (FAB). Erick Garcia Guimarães, o piloto e proprietário oficial da aeronave, foi preso assim que pousou...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários