A Polícia Federal indiciou na noite da quinta-feira, 19, sete funcionários da Vale e seis da empresa de consultoria alemã Tüv Süd por falsidade ideológica e produção de documentos falsos, no processo que investiga o rompimento da barragem da mineradora em Brumadinho, Minas Gerais, ocorrida em 25 de janeiro. As duas empresas também foram indiciadas. Segundo as investig...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários