Há quatro meses se tornou comum nas ruas da Região Sul de Goiânia patinetes elétricas ocupando calçadas, muitas vezes atrapalhando pedestres, ou em movimento com crianças e adolescentes, sem itens de segurança. O resultado foi a quantidade de acidentes e quedas ocorridas na região, que nem mesmo são registrados e, muito menos, coibidos. Sem a regulamentação, prometida desde...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários