Trinta e um dias após o crime, a perícia da Polícia Civil do Espírito Santo concluiu que o pastor George Alves, de 29 anos, matou o próprio filho, Joaquim Salles, de 3 anos, e o enteado Kauã Salles, de 6. O inquérito policial foi divulgado nesta quarta-feira, 23. Laudos apontam que as crianças morreram carbonizadas dentro do quarto onde dormiam. De acordo com as inve...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários