Um pastor de uma igreja em Pires do Rio, no Sudeste de Goiás, foi condenado a 48 anos de prisão por estuprar quatro adolescentes. Os crimes aconteceram ao longo de 2018. A decisão é do juiz José dos Reis Pinheiro Lemes da Vara Criminal da Cidade.   Segundo a denúncia oferecida pelo Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO), o pastor se aproveitava do car...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários