Em Goiânia, mais de mil adolescentes são acompanhados por terem se envolvido em algum ato infracional. Desses, cerca de 200 estão em internados para cumprimento de medidas socioeducativas e outros 800 tem a liberdade assistida em Centros de Atendimento Socioeducativo (Case). Para dar oportunidade a esses jovens e mantê-los longe da criminalidade, o Juizado ...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários