No documento Querida Amazônia, divulgado na manhã desta quarta-feira, 12, o papa Francisco recua da proposta de que, em casos específicos e de acordo com a necessidade, homens casados sejam ordenados padres em comunidades afastadas da Amazônia. A proposta foi discutida durante o Sínodo da Amazônia, realizado em outubro, no Vaticano.  De acordo com o Washington Post, ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários