Os pais de Marielle Franco (1979-2018), Antônio Francisco da Silva Neto e Marinete Silva, consideraram ruim a saída da investigação da promotora do Ministério Público do Rio de Janeiro Carmem Eliza Bastos de Carvalho. Marielle foi vereadora no Rio pelo Psol. Morreu assassinada em 14 de março de 2018 em caso ainda não resolvido pela polícia. Em entrevista ao jor...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários