Foram mortos nesta sexta-feira (30) o idoso Osmar Rozeno da Silva e seu filho, Otávio Ferreira Rozeno, em frente a um bar de Luziânia, entorno do Distrito Federal. Os dois trabalhavam no estabelecimento quando, segundo testemunhas, três homens chegaram em um carro e atiraram contra as vítimas.

Otávio, ainda segundo relatos, teria tentado fugir. Segundo o G1 Goiás, ele tinha passagem por lesão corporal, roubo e porte ilegal de arma, mas ainda não se sabe se isso tem a ver com o atentado. Osmar não tinha passagem pela polícia. A polícia ainda não tem suspeitos ou pista sobre a motivação do crime, mas investigará o caso.