O pai do adolescente de 12 anos que morreu após levar um choque elétrico vai responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. O acidente aconteceu na tarde desta segunda-feira (13) na casa da família no Residencial Triunfo em Goianira, na região metropolitana da capital. Jeremias Ferras Almeida da Silva encostou na cerca eletrificada de um canil e recebeu a...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários