Um homem de 22 anos foi preso em Águas Lindas de Goiás suspeito de asfixiar o enteado de dois anos com um travesseiro. Segundo a Polícia Militar, o corpo da criança apresentava machucados e sinais indicativos de violência sexual. O padrasto, Vinícius Cardoso de Araújo, confessou o crime e disse que tentou socorrer o menino levando-o ao hospital. Gael Henrique do Nas...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários