A mesma organização social responsável pela administração de dois hospitais de campanha e três policlínicas em Goiás é investigada pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) por desvio de recurso público. O Instituto dos Lagos Rio é suspeito de ter desviado R$ 9,1 milhões em contratos com fornecedores e fraudar atestados técnicos para ganhar contrato...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários