Os moradores do Residencial João Paulo II relatam que depois da inscrição, eles tiveram que pagar um valor alto para a época, que varia entre 500 reais e R$ 2,5 mil, segundo os moradores. O investimento seria para pagar o alicerce da casa além das compras dos materiais necessários. Carlos (nome fictício), filho de um dos beneficiados, que não quis se identificar assim ...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários