A Ordem dos Advogados do Brasil, da Seccional do Distrito Federal emitiu uma nota de repúdio acerca das agressões policiais do Grupamento de Intervenção Rápida Ostensiva (Giro) – braço do Batalhão de Choque da Polícia Militar de Goiás – contra o advogado Orcélio Ferreira Silvério Júnior. “Foi brutal e covarde, um verdadeiro ataque, o que vimos em imagens veiculadas ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários