As ruas são de terra, a energia e a água utilizadas são clandestinas, e não há sistema de esgoto. A impressão, às vezes, é que o ano não é 2019. Por um teto, famílias se sujeitam a condições insalubres, a situações de risco. Ao andar por uma ocupação, a máxima ouvida é o anseio por um comprovante de endereço, quando moradores relatam dificuldades até em conseguir um e...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários