O governo estadual ainda não iniciou os estudos para definir quais serão as regras do Serviço de Transporte Público Alternativo Intermunicipal de passageiros e encomendas, que se tornou legal a partir de sanção do governador Ronaldo Caiado (DEM), em dezembro do ano passado. O processo será encabeçado pela Agência Goiana de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviç...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários