Mesmo com fila na UTI e número alto de óbitos é aconselhável acabar com medidas restritivas?  Na verdade, a proposta não é acabar com as medidas. É abrir com restrições. Algo parecido com o que teve ano passado. Agora, mesmo com decreto, a gente viu que teve redução de pessoas, mas nada comparado com o que teve em março do ano passado. Falo não só o que os ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários