No sétimo dia após o apagão que afetou 90% da população do Amapá - 782 mil pessoas - o racionamento de energia prometido pela CEA (Companhia Energética do Amapá) não está funcionando em algumas partes do estado, onde muitos moradores ainda enfrentam a falta de energia e a escassez de água. O apagão foi provocado por um incêndio nos transformadores de uma subestação de dis...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários