O Atlas da Violência 2020, publicado nesta quinta-feira (27), tem mais notícias ruins do que boas. A boa é que a taxa de homicídios em Goiás é a menor dos últimos sete anos. A péssima é que ela continua maior entre as populações mais vulneráveis. A recente edição mostra que uma pessoa negra tem 2,2 vezes mais chances de ser assassinada, no Estado, que uma não negra. ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários