O horário de pico na periferia da Região Metropolitana da capital começa mais cedo, antes das 6 horas, enquanto a região central de Goiânia ainda dorme. Mesmo com as ruas escuras e vazias de carros. Nesse horário, o movimento concentra-se nas paradas do transporte coletivo, onde centenas de trabalhadores se acotovelam para pegar o primeiro ônibus. Nas últi...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários