Nos dois primeiros anos do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o número de autos de infração por “crimes contra a flora” (desmatamento, queimada ou garimpo irregular, por exemplo) na Amazônia Legal tiveram queda de 43,5%. Foram 2.610 autos registrados por ano de 2019 a 2020. A média anual anterior, de 2012 a 2018, era de 4.620. Os dados ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários