Ao discutir em reunião, por videoconferência, a situação da pandemia de coronavírus (Sars-CoV-2) em Goiás, o secretário de Estado de Saúde (SES), Ismael Alexandrino, afirmou que é preciso frear a contaminação e disseminação do vírus e que abrir mais leitos não resolve. “Não caiam na cilada que é só abrir leitos, não é só isso, precisa de equipe e equipamentos.” Ismael record...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários