Levantamento realizado pelo Conselho Nacional de Presidentes dos Tribunais de Contas (CNPTC), divulgado nesta quarta-feira (9), apontou que aproximadamente 40 municípios goianos demonstram interesse em adquirir vacinas contra a Covid-19 por conta própria, caso essa possibilidade se concretize no futuro.

A pesquisa foi elaborada por meio de dois questionários enviados para as Prefeituras entre abril e maio deste ano. Com relação às aquisições diretas, dos 246 municípios, 58 se manifestaram sobre o tema, sendo que 75,86% deles planejam realizar processo de compra de imunizantes.

O relatório aponta ainda que 94,59% das cidades apresentaram planejamento para a campanha de vacinação, 56% estimaram orçamento para a campanha, 48,28% apresentam estoque para a segunda dose da vacina, 89,33% apresentam boletins informativos à população e 81,03% não orientam a população sobre o certificado do SUS.

Para o presidente do CNPTC, conselheiro Joaquim de Castro (TCMGO), os resultados gerados são uma importante fonte de referência para o diagnóstico e a tomada de decisão dos gestores e também para os órgãos de controle externo, interno e sociedade.

O estudo, segundo ele, é o ponto de partida e a pesquisa também pode evoluir para outros questionários aplicados eletronicamente, contribuindo com a transparência no combate à pandemia.