Uma mulher, de 36 anos, suspeita de se passar por diarista para furtar apartamentos, foi presa preventivamente na última quarta-feira (25), em Goiânia. O mandado de prisão foi cumprido pela Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic) após investigação que durou três meses e foi iniciada após um furto ocorrido em um apartamento do Setor Jardim Goiás, na capital. S...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários