O promotor de Justiça Fernando Krebs, do Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO), recomendou o desligamento dos quadros do Centro de Reabilitação e Readaptação Henrique Santillo (Crer) e da organização social que administra a unidade de saúde, de empregados, colaboradores e dirigentes em situação de nepotismo. O documento foi encaminhado ao superintendente executivo d...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários