Mulheres violentadas em uma sala de atendimento coletivo enquanto os pacientes da fila de espera eram obrigados a ficar rezando de cabeça baixa. De olhos abertos, apenas funcionários e voluntários. Sentado em uma espécie de trono, o médium João Teixeira de Faria, o João de Deus, conversava com as mulheres e colocava a mão delas em seus órgãos genitais. Esta é a descri...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários