O sistema de transporte coletivo da região metropolitana de Goiânia poderá sofrer mudanças substanciais na governança e operação, caso a ação civil pública (ACP) interposta pelo Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) na tarde desta sexta-feira (19) seja acatada pelo Poder Judiciário. A ação tem como alvos os entes integrantes da Rede Metropolitana de Transportes ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários