Um policial militar de Abadiânia, município a 90 km de Goiânia, está entre os denunciados por participar da fabricação de um documento falso para ajudar João Teixeira de Faria, o João de Deus. A informação foi dada por um promotor do Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) ao site G1 Goiás. O MP também pediu a investigação de dois delegados ligados ao médium acusa...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários