O Ministério Público de Goiás (MP-GO), por meio da 2ª promotoria de Justiça de Itaberaí, se reuniu na manhã desta quinta-feira (14) com representantes da cidade para tratar do comportamento profissional de duas funcionárias da Escola Municipal Padre Elígio Silvestri. O motivo seria uma atividade contendo uma questão de matemática onde era utilizada a palavra cocaína, d...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários