Seis envolvidos na morte do estudante de direito e motorista de transporte por aplicativo Carlos Augusto dos Santos Lopes, de 25 anos, foram denunciados pelo Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) por latrocínio, que é o roubo seguido de morte. O crime aconteceu na noite do último dia 13 de outubro, no Setor Recreio dos Bandeirantes, em Goiânia. Na denúncia,...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários