O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) abriu uma ação civil pública contra um agente de Polícia Civil (PC) por improbidade administrativa. Segundo a denúncia oferecida pelo MP, ele armazenava dentro de casa em Trindade, na Região Metropolitana da Capital, documentos, dinheiro e drogas que eram apreendidos e por conta disso prejudicava o andamento e a conclusão d...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários