Assinado em 2017, o decreto de regulamentação do transporte por aplicativo em Goiânia ainda não foi efetivado com fiscalizações sobre empresas e motoristas, em que quase nenhum deles já realizou sequer o cadastro junto ao Paço Municipal. No primeiro semestre deste ano, a Secretaria Municipal de Planejamento e Habitação (Seplanh) chegou a autuar duas operadoras de aplicativos ...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários