O motorista que matou um rapaz que andava de patinete e deixou um homem ferido, após atropelamento em Anápolis, poderá ser indiciado pelos crimes de homicídio culposo, quando não há intenção de matar, lesão corporal. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Manoel Vanderic, o homem usava remédio controlado para epilepsia, o que pela legislação é equiparada à e...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários