Em depoimento, o motorista suspeito de atropelar e matar a camareira Rosângela Gomes de Amorim contou que não viu a motociclista antes do acidente e não sentiu nenhum impacto no veículo ao atropelá-la e por isso seguiu viagem. Paulo Pereira Rosa, de 46 anos, foi ouvido na Delegacia de Crimes de Trânsito (Dict), no Setor Pedro Ludovico, em Goiânia. O acidente aconteceu por volta das...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários