Morreu na madrugada deste dia 25 de dezembro, por volta das 3h30, o desembargador aposentado e escritor Liberato Póvoa. Ele lutava contra um câncer na bexiga e estava internado em um hospital de Goiânia, onde seguia com o tratamento. Segundo informações da família de Póvoa, seu quadro de saúde era delicado, entretanto, com  a quimioterapia, apresentou melhor...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários