O ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, avocou o proceso de interdição do Centro de Atenção Integral à Saúde (Cais) no Setor Garavelo, em Aparecida de Goiânia, na região metropolitana da capital. O impasse em torno da unidade, no entanto, fez o Ministério Público Federal em Goiás (MPF-GO) abrir investigação para apurar suposto crime de desobediência. O Ministé...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários