O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Nefi Cordeiro trancou nesta semana a ação penal de violação sexual mediante fraude contra João Teixeira de Faria, o João de Deus, e outras três pessoas. Conforme a denúncia apresentada pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO), a jornalista Edna Ferreira Gomes, ex-assessora de imprensa de João de Deus, teria levado...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários